Descubra como vender mais na Black Friday com 3 especialistas

Aprenda como vender na Black Friday com especialistas do mercado. Confira as dicas e comece a colocar em prática hoje mesmo em sua empresa!
Como vender na Black Friday

Sabe aquele momento do bolão de final de ano em que você escolhe seus números com aquela certeza que vai ganhar? Talvez, já tenha jogado várias vezes e feito planos sobre o futuro depois de ganhar o prêmio de milhões de reais.

Comprar um apê, pegar um carro novo, abrir uma empresa ou até mesmo ficar num período sabático viajando o mundo. Quem faz apostas e nunca pensou em alguma dessas coisas está fazendo isso errado! 😂

Se você soubesse quais seriam os números sorteados, as chances de você apostar neles são 99,9%, não é mesmo? Na Black Friday as coisas são bem parecidas. Como assim?

A Black Friday é a Mega-Sena e os números sorteados são dicas, videoaulas, checklists e muitos outros conteúdos feitos para você mandar bem no grande dia. Você perderia essa oportunidade?

Por essas e por outras, reuni 3 profissionais de vendas para te dar os números da Mega-Sena. Digo, te dar algumas dicas de como vender na Black Friday. Vamos nessa?

Acompanha comigo!

Como gerar mais leads para a Black Friday?

Carolina Silveira Social Miner

“A expectativa gerada pela Black Friday leva muitos consumidores a iniciarem suas buscas por ofertas dias, senão semanas antes do evento. O que isso nos indica? Que este é um período estratégico para captação de novos leads.”

Instigue a curiosidade do público

Em 2019, por exemplo, a pesquisa de intenção de compra para a data, feita pela Social Miner e Opinion Box, revelou que a cerca de um mês do evento, 52,7% do público já estava a procura de promoções.

Isso nos indica que este é um período estratégico para captação de novos leads. E para incrementar as estratégias de cadastro, minha dica é instigar a curiosidade do público pelas ofertas que serão lançadas, colocando em evidência aqueles benefícios que o consumidor terá ao se conectar.

Por exemplo: o sign up vai render um cupom? Ou a vantagem está relacionada a alguma exclusividade — como saber das ofertas antes de todo mundo? Nosso mais recente Guia de comunicações e estratégias para Black Friday, por exemplo, aponta que campanhas que exploram o contexto da sazonalidade, apresentando um benefício claro, um texto objetivo e um bom CTA, em destaque, alcançam taxas até 2,7 vezes maior que a média geral de sign ups do mercado.”

Como vender na Black Friday?

Debora Brauhardt da B.done

“Uma boa Black Friday deve se basear em 4 pilares: planejamento de campanha, criatividade, estrutura e atendimento.”

Planejamento de campanha

A Black Friday deve ser preparada, de preferência, com bastante antecedência! Mas ok, esse ano estamos num ano atípico, mesmo assim é importante ter um mínimo de planejamento. “Por isso, tenha desenhado quais serão os objetivos e expectativas dessa Black Friday, as formas de promoção a serem utilizadas, percentuais de descontos, canais de divulgação, forma de pagamento, facilidades etc.”, comenta Débora.

Se você não tiver mapeado os objetivos da empresa para o evento, não terá ideia do que funcionou bem ou não. Pior ainda, você correrá o risco de repetir coisas que deram errado nos próximos anos. Os objetivos e metas são essenciais para uma Black Friday de sucesso. Mas, lembre-se: seus números precisam ser não apenas desafiadores como também reais.

O evento vem batendo recordes de venda a todo ano no Brasil, o que significa que cada vez mais os seus concorrentes também estão lá. Você está disputando atenção com milhares de marcas. Não só as empresas que são concorrentes diretas, mas também indiretas.

Então, a pergunta que fica é: o que te faz diferente nessa enxurrada de ofertas? Aposte no seu diferencial e crie as melhores ofertas (de verdade, nada pela metade do dobro, viu?).

Estrutura

Quando falamos em estrutura, duas coisas são importantes, principalmente em tempos de pandemia: uma delas é ter uma estrutura digital, ou seja, um site preparado para receber maior volume de atendimentos e processamento de vendas online.

Uma pesquisa feita pela E-bit mostra que 81% dos compradores online disseram ter a intenção de comprar nessa Black Friday. Não tem experiência mais frustrante que tentar e não conseguir finalizar uma compra.

O segundo ponto é: garanta que você tenha capacidade de atender a demanda, ou seja, produtos em estoque ou braço para execução dos serviços. Imagine estoque de produtos vazio no meio do dia? Vender um produto ou serviço que você não consegue atender é péssimo, frustra os clientes e toda a experiência.

Atendimento

Nem só de vendas vive a Black Friday. É normal que os clientes tenham dúvidas, reclamações e problemas a serem resolvidos no dia seguinte. Com isso, é imprescindível ter uma equipe preparada para atender a essas demandas e encantar o cliente.

“Oferecer uma boa experiência no atendimento é uma ótima maneira de atrair o consumidor para novas compras até mesmo quando você estiver vendendo sem desconto!”, finaliza.

Leticia Rodrigues

“Para redescobrir como vender na Black Friday as empresas precisam se reinventar. De um lado, empresas tentam comunicar suas ofertas, do outro, os clientes tentam decidir em qual lugar deve gastar seu dinheiro.”

Desde o início da pandemia houve um crescimento de 48% nas vendas de e-commerce, de acordo com a Forbes. E dentro desse cenário, a busca por produtos em promoção vai ser gigantesca. Por isso, é importante pensar sobre alguns pontos.

Analise dados

Há muitos dados que devem ser analisados numa pré Black Friday. Algumas empresas analisam apenas se bateu a meta de vendas, mas nem só de vendas vive a Black Friday, certo?

É preciso analisar dados do mercado para entender como ele está se comportando e quais são as tendências. Para fazer isso na prática, fique de olho nos materiais de empresas como a Social Miner e OpinionBox. Essas empresas estão sempre fazendo pesquisas de mercados e são cheias de insights.

Outro dado importante a ser analisado é o que diz respeito aos seus clientes ou até mesmo pessoas que não chegaram a comprar nada. Qual foi o ticket médio? Quais produtos foram mais buscados? Quais foram os motivos de reclamação? Em quais canais houve mais atendimentos?

Enfim, as interações dos clientes e não clientes deixam rastros e é seu papel analisá-los e usá-los de forma inteligente. “Analise as estratégias que foram feitas nos anos anteriores, veja o que deu certo ou não. Se deu certo, pode até replicar. Se não deu, você já sabe onde concentrar seus esforços.”, afirma Letícia.

Base de leads renovada

Para Letícia, as empresas não devem contar apenas com a base de leads existentes. É necessário gerar novos leads e aquecê-los para o grande dia. “É provável que a venda não aconteça se você sumir o ano todo e aparecer somente no dia do evento.

Retargeting

Uma estratégia que dá muito certo é fazer retargeting. O retargeting não é nada mais que uma repescagem dos usuários que já passaram pelo seu site. Então, se um usuário buscou por um produto X, esse produto vai ‘persegui-lo’ por um bom tempo.

Principalmente na semana que antecede o evento, as pessoas fazem diversas buscas de produtos, então, marcar presença é essencial.

Canais de atendimento

Quer descobrir como vender na Black Friday? Disponibilize formas das pessoas falarem com a sua empresa. “Sabe aquele conceito de customer first? Então, torne isso uma realidade na empresa. Quando as pessoas percebem que podem entrar em contato a qualquer momento, a venda tem maior credibilidade.”, diz Letícia.

Disponibilizar canais de atendimento como WhatsApp, chat e Facebook Messenger serão essenciais para esta Black Friday.

Venda mais na Black Friday

A pergunta “como vender na Black Friday” foi desvendada. Agora que você tem o bilhete da sorte, quero mostrar para você como colocar essas dicas em práticas.

Na Black Friday, o volume de atendimento é muito maior. E como dar vazão a esses atendimentos sendo que você não irá contratar mais pessoas? Simples, opte pela automatização de alguns processos.

Imagine que a equipe está recebendo um alto volume de chamados. Para distribuir esses clientes entre esses vendedores ou atendentes, é necessário uma roleta de distribuição automática. Pronto, o time pode atender todas as solicitações em um piscar de olhos!

Caso a equipe esteja ausente ou precisando de ajuda nos atendimentos, você pode contar com a ajuda de chatbots tanto do WhatsApp quanto do site para direcionar esses clientes. Quais são os próximos passos que seus clientes deveriam dar? Tirar suas dúvidas em uma FAQ ou base de conhecimento? Verificar a página de preço? Receber um cupom de desconto para continuar a compra? Verificar a tabela de fretes? Receber instruções de troca ou devolução de produtos?

Como vender na Black Friday

Faça o teste gratuito do Octadesk e veja a mágica acontecer em sua Black Friday. Clique aqui!

Login do Octadesk

 

Você pode gostar também