Conheça a Livre.digital e como ela cresceu 53% no número de atendimentos diários

Conheça a história da Livre.digital e como ela conseguiu aumentar seus atendimentos diários em 53% junto com a Octadesk.

homem negro segurando celular e cartão de crédito na mesa de uma café

A Livre.digital é uma instituição de pagamento brasileira, que funciona também como uma plataforma de crédito online.

Com a pandemia, esse tipo de serviço foi ainda mais solicitado: só em 2020, 6 milhões de brasileiros pediram empréstimo, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios da Covid-19 (Pnad Covid19).

Esse aumento expressivo na demanda impactou a operação da Livre.digital, que viu a demanda crescer rapidamente, em pouco tempo.

Principal problema: falta de atendimento rápido e preciso

“Em poucos meses, a demanda de clientes foi aumentando de uma maneira que precisávamos expandir os canais de contato, para dar mais opções aos nossos clientes de nos alcançarem e tirarem suas dúvidas”, comenta Danilo Oliveira, analista de atendimento da Livre.digital.

Era preciso garantir um espaço de trabalho único e centralizado, que permitisse a priorização de chamados de acordo com a urgência, além de garantir uma ótima experiência para os clientes.

A solução: gerenciamento inteligente de tickets e e-mails

Nesse período, a empresa escolheu o Octadesk como ferramenta de gestão de tickets. Assim, conseguiu implementar um chat na página do site para melhorar a experiência do cliente e garantir um gerenciamento inteligente de tickets, e-mails e automações.

Resultados:

Com a implementação, a Livre.digital começou a mensurar os dados de atendimento, dinamizar a rotina e ainda aumentar consideravelmente a quantidade de clientes atendidos.

  • Mensuração de dados (algo que antes não existia)
  • Aumento de 53% nos atendimentos diários
  • Crescimento de 22% na captação de clientes

Você gostaria de ter os mesmo resultados da Livre.digital? Clique no banner e comece agora mesmo com 7 dias grátis.

 

Testar Octadesk grátis

Você pode gostar também

Você também vai gostar de ler