Como fazer o gerenciamento de redes sociais em datas comemorativas

Descubra quais ações devem ser priorizadas para se ter um bom gerenciamento de redes sociais em datas comemorativas. Leia o artigo na íntegra!
Como fazer o gerenciamento de redes sociais em datas comemorativas

Você sabe como ter eficiência no gerenciamento de redes sociais? Principalmente em época de datas comemorativas, o volume de atividades é maior. Mas não só isso, é preciso ter o mínimo de planejamento para que você alcance bons resultados.

O gerenciamento de redes sociais vai além de fazer publicações. Gerenciar uma rede envolve etapas que vão deste a estratégia, planejamento de publicação, execução, monitoramento e análise de resultados.

Neste artigo você vai entender como se preparar para uma grande data, como criar conteúdo que engaja, estratégias para redes sociais e como fazer o gerenciamento de redes sociais.

Boa leitura!

Quanto tempo você deve se preparar para uma data comemorativa?

Há algumas datas comemorativas que não possuem um grande apelo comercial, porém, há outras que precisam ser bem trabalhadas. Hoje, as principais datas do comércio são: dia das mães, dia dos namorados, dia dos pais, dia do consumidor, dia das crianças, black friday, natal e cyber monday.

Geralmente, datas comemorativas com maior movimentação como black friday e natal, é preciso de tempo para se planejar. Sendo assim, você deve reservar pelo menos uns 3 meses para os preparativos.

Já as demais datas, é possível se planejar com 1 mês de antecedência. Mas tudo vai depender de quantas pessoas você tem disponível para realizar a criação de conceito e artes, negociação com fornecedores de produtos, gerenciamento de mídias sociais etc.

Se você quiser, também pode ver esse conteúdo com mais detalhes em nossa live com especialistas da Octadesk, Etus e Bagy:

Assista todos os dias de evento no canal do YouTube da Octadesk.

Como descobrir o conteúdo que seu público quer ver?

Se você ainda não tem certeza do que o seu público gosta, vamos usar uma estratégia que nunca falha: olhe para os dados, porque eles nunca mentem!

A melhor forma para se fazer isso é analisando o rastro dos usuários. Mas como assim?

Basta olhar para:

  • Relatórios: os relatórios das redes sociais têm dados sobre comentários, curtidas, compartilhamentos, conversão, cliques etc;
  • Comentários: os comentários podem dizer muito sobre a opinião dos usuários, faça boas análises e deixe tudo bem documentado;
  • Seguidores: você pode conversar com alguns dos seus seguidores e entender como eles pensam e o que buscam. Dessa forma, ficará mais fácil porque vai obter a resposta diretamente da fonte.

Em seguida, veja quais estratégias utilizar em suas redes sociais.

Quais estratégias utilizar no gerenciamento de redes sociais?

Para que sua campanha de data comemorativa saia no ar, é necessário pensar em algumas estratégias. Separamos algumas e podem ser utilizadas em conjunto com outras ações de marketing.

Conteúdos 80/20

Para este tipo de estratégia vamos usar o Princípio de Pareto. O Princípio de Pareto, ou regra 80/20 prevê que 80% dos efeitos surgem a partir de apenas 20% das causas. Ou seja, 20% do seu esforço vai causar um resultado de 80%. Em outras palavras, nem sempre fazer uma centena de ações é o ideal.

Usando este princípio, podemos dividir os conteúdos em:

  • 80%: conteúdos voltados para o universo em que sua empresa está inserida. Eles não precisam ser necessariamente focados em conversas. Por exemplo, se você vende produtos de moda, os conteúdos são linhas editoriais em que você ensina o público a se vestir de acordo com ocasiões específicas. Eles têm a ver com a categoria de moda, mas não necessariamente é uma ordem para que o cliente faça uma compra.
  • 20%: esses são conteúdos com foco em conversão. Ou seja, podem falar sobre os produtos ou categorias de produtos, promoções e incentivos à compra.

Vídeos

O próprio Instagram anunciou recentemente que iria priorizar conteúdos em vídeo. Portanto, se você ainda não quer fazer anúncios, conteúdos de vídeo são uma boa pedida porque geram maior alcance. Esse tipo de conteúdo é ótimo para o relacionamento dos consumidores com a sua marca.

Se você ainda tem dúvidas sobre fazer esse tipo de conteúdo ou não, ou ainda não tem orçamento para isso, aqui vão algumas dicas em que você pode estimular os próprios consumidores e fãs da marca a criarem vídeos:

  • Unboxing: consiste no usuário gravar um vídeo dele abrindo o pacote que recebeu com o produto (acredite, isso é bem comum);
  • Opinião: os usuários gravam vídeos mostrando como eles usam o produto;
  • Produtos: você mostra como os produtos são feitos ou embalados até chegar no consumidor;
  • Empresa: pessoas que trabalham na sua empresa contam sobre o que fazem na empresa.

Viu só? Depois é só editar o vídeo e colocar no ar!

>>>Você também vai gostar de ler: Como fazer atendimento ao cliente no Instagram

Carrossel

Sabe aqueles conteúdos que contém 2 ou mais imagens em um só post? São conhecidos como post carrossel e são ótimos para gerar engajamento. Uma pesquisa da Social Insider mostrou que eles engajam mais que imagens e vídeos.

No entanto, para criar esse tipo de conteúdo é importante que você desperte a atenção do usuário logo de cara. Caso contrário, ele vai desistir de ver o post na 3ª imagem.

Os conselhos práticos para os carrosséis são:

  • A primeira imagem deve ser chamativa e mostrar do que se trata aquele post. Pode ser uma pergunta, uma curiosidade, uma imagem com vídeo etc.
  • A segunda imagem deve conter um conteúdo em que faça a pessoa acreditar que vem coisa boa nas demais imagens ou vídeos. Uma página que faz isso muito bem – eu sempre vejo todas as imagens até o final – é a Greengo Dictionary.
  • Você pode usar até 10 imagens ou vídeos. Mas lembre-se: no final, você precisa direcionar o usuário com um CTA, a famosa chamada para ação. Ou seja, pedir para o usuário curtir, comentar, compartilhar, salvar ou visitar algum link.

Anúncios

Se você tem um pouco mais de verba, vale a pena criar anúncios para as redes sociais, sobretudo utilizando o remarketing.

Com o remarketing, você vai aparecer para o público que está buscando produtos similares ao que você vende. Além de ser uma forma relativamente mais barata de anunciar, sua campanha pode atingir as pessoas que estão buscando o que você tem para vender.

Testes AB de editorias

Cada cliente e empresa tem um estilo diferente. Então, é sempre bom testar diferentes tipos de editorias. As editorias de conteúdo são tipos de abordagem que vão desde frases motivacionais, post de vagas, promoção da semana, conteúdos que saíram em outros canais, entre outros.

Vá testando diferentes tipos de editorias e veja o que dá mais resultados em termos de engajamento e alcance, mas também pensando em métricas de negócio, que são as conversões. E claro, não esqueça de postar nos mesmos dias e horários, para que sua análise não fique prejudicada.

Como fazer o gerenciamento de redes sociais?

Diante do alto volume de atendimento sobretudo em datas comerciais, é importante se atentar a cada detalhe para fazer um gerenciamento de redes sociais com qualidade.

Responda seus clientes rapidamente

As redes sociais são repletas de espaço para que os clientes, potenciais clientes e fãs da marca interajam. Por isso, fique atento a comentários em diversos locais (reels, posts, anúncios etc) e inbox (caixa de entrada de mensagens).

Muitas empresas optam por oferecer atendimentos em diversas redes sociais, o que é ótimo, mas acabam pecando por não conseguir dar a atenção devida para cada uma delas. Por isso, as interações e contato com o cliente são tão demoradas.

No entanto, é preciso levar em consideração o comportamento do consumidor da atualidade. Pense comigo: quem espera mais de 10 minutos por um Uber? Quem não acelera o áudio do WhatsApp? Quem espera dias por um orçamento?

Veja que eu citei alguns exemplos de mercados diferentes, mas todos eles apontam para uma só direção: a era da velocidade. Se você demorar algumas horas para falar com seu cliente, pode ser que ele já tenha se tornado cliente de outra empresa.

Então, uma forma de lidar com toda essa velocidade é utilizando sistema de atendimento que reúne toda a sua comunicação em um só lugar. Mas por que um sistema? Porque você vai receber todas as notificações necessárias em tempo real e toda a equipe tem a possibilidade de atender de forma organizada.

Além disso, mesmo quando não houver atendentes disponíveis, você pode contar com a ajuda de um chatbot. Ele vai lidar com demandas corriqueiras como responder perguntas frequentes, direcionar usuários ou ajudá-los com demandas básicas como, por exemplo, o envio de uma segunda via de boleto.

Monitore sua marca e a concorrência

Em terra de redes sociais, quem tem dados é rei. Ou seja, não podemos olhar para as redes e pensar nelas apenas como algo divertido ou que compõe os canais da empresa. É preciso dar atenção, principalmente no que diz respeito aos dados que elas nos dão.

Para fazer o monitoramento da sua marca, basta utilizar uma ferramenta de gestão de redes sociais. Além de saber o que está sendo dito pelos usuários, você poderá monitorar a concorrência.

Tudo isso é tão importante porque hoje todos têm acesso às marcas e dão suas opiniões. Imagine que alguém está falando coisas negativas da sua marca e você nem tem conhecimento disso, então não tem como atuar em melhorias.

Ou imagine que seus concorrentes estão promovendo alguma ação específica e você também não sabe do que se trata. A ideia aqui não é copiar o que os concorrentes estão fazendo, mas estar atento porque pode ser que algum cliente pergunte qual é o seu posicionamento a respeito.

Além disso, ferramentas como a Etus vão te ajudar no agendamento de posts e gerenciamento das redes em um só lugar.

Utilize o social commerce – Bagy

Uma das estratégias que ganhou força nos últimos anos foi o Social Commerce, que são as vendas nas redes sociais. Todo esse movimento começou com pequenos lojistas, que muitas vezes nem possuíam um site estruturado para realizar suas vendas.

Agora, até e-commerces de grande porte aderiram à estratégia do Social Commerce. Mas por que esse movimento deu tão certo?

O Social Commerce deu tão certo no Brasil porque somos um dos países que mais passa tempo nas redes sociais. Além disso, muitas operadoras não cobram o uso de dados de certos apps. E por fim, o desejo em ter respostas rápidas tanto na esfera de amigos e familiares quanto no relacionamento com as empresas.

Hoje em dia já existem ferramentas de Social Commerce que estão fazendo muito sucesso. Basta você conectar seu site, Mercado Livre e redes sociais para que os usuários façam suas compras de maneira descomplicada.

Não deixe o gerenciamento das redes sociais de lado

As redes sociais podem ser responsáveis pelo sucesso ou fracasso da empresa. Por isso, não dá mais para deixar o gerenciamento delas de lado.

Como você pode ver, o gerenciamento de redes sociais vai além de fazer publicações. Gerenciar uma rede envolve etapas que vão deste a estratégia, planejamento de publicação, execução, monitoramento e análise de resultados.

Para que isso aconteça de maneira eficaz, você precisa utilizar as ferramentas corretas para te auxiliar em atendimentos e vendas, monitoramento e Social Commerce.

Conheça nossas empresas parceiras e veja como elas podem ajudar no gerenciamento de mídias sociais.

Conheça a Etus

Conheça a Bagy

Conheça o Octadesk

 

Você pode gostar também