Criou um e-commerce agora? Descubra como atrair clientes

Sua loja física vende bem, mas você não sabe como atrair clientes para seu e-commerce? Descubra de um jeito prático o que fazer para vender mais.
Como atrair clientes para o seu ecommerce

Você percebeu a necessidade de fazer vendas online, colocou o site no ar mas agora não sabe o que fazer? Começar um e-commerce do zero é um desafio e tanto, por isso, trouxe algumas dicas sobre como atrair clientes novos para sua loja online.

Imagine um varejo. Imaginou? Em um dia a empresa está lidando com os clientes cara a cara, no outro ela está fechando uma venda pelo WhatsApp, por exemplo. Como atrair clientes nesse novo modelo?

Um estudo da Ecommerce Radar mostrou que 82% dos carrinhos são abandonados no meio da compra. Por outro lado, mais de 80% dos respondentes da pesquisa da The Manifest informaram que não completam formulários de contato.

Esse comportamento dos usuários explica muito como uma boa/péssima experiência pode impactar nas vendas. Então, é importante saber como atrair clientes e acima de tudo, mantê-los.

De acordo com a Leci Silva, consultora em e-commerce, muitas empresas fazem um ótimo trabalho levando novos clientes para seus sites. Mas quando elas se deparam com aquele monte de informações e uma experiência ruim, eles procuram outro lugar para fazerem suas compras. “É preciso analisar relatórios e tentar entender o que os números dizem. Nem precisa ir tão longe: se você mesmo tentar fazer uma compra no site da empresa a qual é responsável, você vai gostar da experiência?”, conclui.

Por isso, separei nosso bate papo em 3 blocos: Design e Conteúdo, Estratégias de Marketing/Vendas e Tráfego pago/orgânico. Se você tiver curiosidade sobre determinado tópico, fique à vontade para ir mais adiante:

Bons estudos!

Estratégias de Marketing e Vendas para atrair clientes

Divulgue seu número

Como atrair clientes para o seu WhatsApp Business? Deixar o seu número mais visível em seu site é o primeiro passo. Para isso, você pode criar um botão que será inserido em seu site ou um link para as redes sociais. (Crie seu botão/link clicando aqui)

Esse link também pode ser inserido em suas assinaturas de e-mail. Assim, seus novos clientes terão contato mais próximo por meio de suas campanhas de e-mail marketing.

Além disso, você também pode criar campanhas no Facebook Ads tendo como foco os clientes entrando em contato pelo WhatsApp. Vale ressaltar que essas campanhas podem ser tanto para o Facebook quanto para o Instagram.

1. Dentro do Facebook Ads você vai escolher o objetivo da sua campanha.

2. Selecione “Mensagens”, na etapa de Consideração.

3. Escolha o WhatsApp Business como destino das mensagens.

4. Por fim, segmente o público e crie siga os próximos passos da criação da sua campanha.

 

WhatsApp Business com múltiplos usuários

O WhatsApp é uma ferramenta muito útil para quem está buscando formas de atrair mais clientes. Entretanto, quando o assunto é equipes atendendo no WhatsApp, muitas pessoas ficam com a dúvida sobre como usar o WhatsApp Business com múltiplos usuários.

Alguns optam por utilizar diversos aparelhos de celular dentro da operação. Outros, optam por utilizar apenas um número e fazer revezamento entre os vendedores. Há quem utilize celulares pessoais também. Embora pareça uma solução viável, esses modelos só trazem desorganização, perda de vendas e uma experiência ruim para o usuário.

A experiência ruim acontece porque os usuários nunca sabem o número correto da sua empresa. Ou ainda, em um mesmo atendimento conversa com diversas pessoas até fechar uma compra.

Para contornar esse problema, use um sistema de WhatsApp para integrar o aplicativo. Aproveite os 7 dias gratuitos do Octadesk e reúna toda a equipe, tendo maior controle da jornada e organização nos processos.

Além de profissionalizar seu atendimento e vendas, é essencial que você tenha boas práticas, por exemplo:

  • Evite envios de comunicação para grupos;
  • Evite disparos em massa. Essa prática não é aprovada pelo WhatsApp e pode ocasionar a perda do seu número;
  • Peça permissão para o cliente para iniciar envios de mensagens;

Diferente do WhatsApp convencional, um sistema que integra o WhatsApp tem benefícios como:

  • Possibilidade de encerrar a conversa e ter histórico salvo, independente de memória de celular;
  • Etiquetas para fazer follow up de vendas;
  • A Gestão pode acompanhar relatórios de atendimento e identificar pontos de melhoria;
  • Dashboards em tempo real;
  • Grupos de atendimento, onde as equipes podem fazer anotações internas;
  • Roleta personalizada para direcionar clientes para os vendedores disponíveis.

Se quiser saber sobre planejamento para introduzir seu negócio em ambientes digitais, assista o vídeo que o Victor Lymberopoulos gravou em parceria com a Octadesk.

Chatbot para WhatsApp

Você já deve ter entrado em algum site em que sua posição na fila de atendimento era a 100ª ou algo desse tipo. Nós não conseguimos aguardar tanto tempo, acredito que os clientes também não!

E quando o assunto é chatbot, ele atua em 3 frentes:

  • Captura de leads: o chatbot tem como papel converter as pessoas interessadas em vendas. Essa captura acontece por meio de uma conversa, onde a pessoa fornece alguns dados em troca de materiais gratuitos, experimentação de produtos etc.
  • Qualificação de leads: a qualificação acontece de formas diferentes para cada negócio. Afinal, cada um usa critérios diferentes para afirmar que uma pessoa está apta para usar um produto ou não. Depois disso, esses leads são passados para os times de vendas.
  • Distribuição de oportunidades: Quando os leads se tornam oportunidades, eles são enviados para os times de vendas. Porém, para que eles possam ser distribuídos, é necessário haver uma roleta que faça isso automaticamente. Assim, essas oportunidades são enviadas para as equipes, sem que elas precisem de muito esforço, já que o próximo passo é apenas focar na venda.

O chatbot para WhatsApp da Octadesk também atua capturando, qualificando e distribuindo os leads entre os vendedores, tudo isso de modo automático. Além disso, você não precisa se preocupar com o fato de não estar online 24 horas por dia.

chatbot whatsapp sendo mostrado em uma conversa

Chat online com atendentes humanos

Imagine uma pessoa com dúvidas sobre um prazo de entrega, frete ou até mesmo do próprio produto. Se ela vê um chat online, a dúvida que ela tem vai ser esclarecida de forma rápida. Com isso, ela está a um passo de fechar a compra.

Redes sociais

Crie conteúdos específicos para as redes sociais e engaje seus clientes. Há quem pense: “ah, mas não vendo um produto que dê para extrapolar na criatividade!”. Depois que eu conheci a forma criativa como o Cemitério Jardim da Ressureição divulga sua marca, eu nunca mais duvidei de nada.

Para isso, entenda quem é o seu público e crie conteúdos específicos. Se preferir, crie anúncios que levem os usuários direto ao seu site.

Remarketing

Mais de 75% dos clientes abandonam seus carrinhos sem comprar nada. Assustador esse número, não? Então, como evitar que essas pessoas desapareçam para sempre do nosso site?

Simples! Crie e-mails direcionados para recuperar esses clientes. Para isso, contrate serviços como o da ActiveCampaign e veja um aumento de 10% ou mais em suas vendas.

E-mail Marketing

Nem todas as pessoas que estão na sua base de contatos são clientes, por isso, é necessário criar campanhas com o objetivo de estabelecer relacionamento e vendas.

Como atrair clientes com design e conteúdo

Quando alguém fala sobre design de sites, você fica imaginando o ápice da criatividade humana aplicada no e-commerce? Confesso que sou dessas.

Mas logo em seguida, me lembro que design tem muito mais a ver com a funcionalidade do que da beleza de fato. Para que seu e-commerce fique o mais profissional possível, trouxe alguns pontos que devem ser observados:

Design responsivo

Sabe aqueles sites que são práticos seja no computador, tablet ou celular? Então, esses são os sites responsivos. Como eu comentei lá no começo, a experiência conta muito. Já que o consumidor faz quase tudo por celular, até o Google deu prioridade para os sites responsivos nos resultados das buscas orgânicas.

É bem provável que você já tenha se deparado com alguma loja virtual cuja a dificuldade de realizar uma compra é nível 100. Tenho certeza que você desistiu da compra ou continuou pelo computador.

Por isso, é interessante que seu site seja construído já pensando nesse conceito. Entretanto, se ele já está pronto, é possível fazer ajustes usando plugins específicos como o WPtouch, JetPack, JoomlaShine, Theme Key etc.

Informações precisas e claras

Outro ponto a ser considerado são as informações exibidas em seu site. Por exemplo, se eu não encontro o máximo possível de informações sobre o produto, eu vou para outro site. É provável que muitas pessoas façam como eu. Então, informe com clareza sobre os produtos.

Sempre que pensar nesse assunto, se pergunte o seguinte: “Se a pessoa pudesse fechar a compra agora, essa informação é suficiente?”.

Fotos reais, porém profissionais

Somos seres muito visuais, então, precisamos “ver para crer”. Ou seja, as chances de atrair os clientes são maiores com fotos.

A dica que eu dou aqui é investir em fotos profissionais de qualidade. Não estou dizendo para retocar a foto a ponto do produto ser tão diferente da vida real, mas que ela seja bonita e desperte o interesse do cliente.

Gatilhos mentais

Você também pode usar gatilhos mentais (sem excesso, claro!), por exemplo, o gatilho da urgência. Esse gatilho diz que as pessoas tendem a comprar mais rápido se perceberem que não tem muito tempo ou que os produtos podem esgotar a qualquer instante.

No exemplo abaixo você vai ver 2 gatilhos que destaquei em vermelho. Além do gatilho da urgência, existe a prova social. Isso porque quando se diz “1º mais vendido”, significa que ele tem a aprovação de mais consumidores.

Se sua loja tiver uma seção para os próprios usuários avaliarem os produtos, melhor ainda. Esse gatilho ajuda pessoas que ainda estão indecisas sobre uma compra.

gatilho mental da urgência

Meios de pagamento

Os meios de pagamento têm muita influência em uma compra. Às vezes, as pessoas não querem usar apenas um cartão de crédito. Ou ainda, querem parcelar em mais vezes.

Por isso, quanto mais opções, melhor. Afinal, a experiência do cliente está em pequenos detalhes como esse. No final do dia, pode ser uma boa diferença em suas vendas.

Loja segura

Para atrair mais clientes que fecham compras, sua loja precisa ser um ambiente seguro. Não só em relação ao protocolo de segurança (https), mas também em relação aos certificados de segurança digital como SSL.

Esses são indicativos de que uma pessoa pode confiar dados mais sensíveis como o número de cartão de crédito em sua loja online.

Checkout

Simplifique o caminho até chegar no checkout. A Amazon é muito boa em fazer isso, por isso, acabou se tornando referência mundial.

Imagina ter que acessar umas 4 páginas diferentes até chegar no final da compra? Talvez, muitas pessoas não vejam isso como um problema, mas oferecer uma experiência incrível está nos detalhes.

Como atrair clientes com Trafégo Pago x Orgânico

Anúncios

Se você recém chegou ao mundo digital, precisa construir sua presença online. Portanto, antes de sair criando campanhas, estude bem o público que você quer atingir. Depois de entender o público, pense na jornada de compra que ele percorre até finalizar um pedido.

Tudo isso é importante porque você pode ter o melhor site do mundo (com as dicas que eu dei e até mais), ter um produto incrível, mas de nada vai adiantar se você não anunciar.

SEO e Conteúdo

Nem só de publicidade vive o e-commerce. Por isso, é importante que você comece a criar conteúdos para que os usuários te encontrem de forma orgânica.

Para que isso aconteça, invista em SEO, uma técnica para melhorar o posicionamento nos mecanismos de busca. Isso serve tanto para o seu site quanto para o seu blog. Ah, não se esqueça de escolher as palavras-chaves corretas e que indiquem o real interesse de busca dos usuários.

Conclusão: da atração para a venda

Agora que você já sabe como atrair clientes para o seu e-commerce, comece a colocar em prática alguns conceitos. É necessário planejar, executar e mensurar os resultados. Depois, iniciar o processo outra vez.

Tudo o que você aprendeu nesse post não existiria se não fosse preciso pensar na experiência dos clientes. É claro que você quer vender, ou então você não pensaria em atrair pessoas para o seu negócio, mas a experiência precisa ser a melhor possível.

Ficou com alguma dúvida ou quer compartilhar o que você já tem feito por aí? É só me mandar um e-mail. Obrigada por me acompanhar até aqui. Nos vemos no próximo post!

Você pode gostar também