Chatbot: como usá-lo no marketing digital?

Se você pensa que a implementação de um chabot é indicada apenas para grandes empresas, com centenas de funcionários...
Chatbot no marketing digital

Se você pensa que a implementação de um chabot é indicada apenas para grandes empresas, com centenas de funcionários e milhares de equipes, sinto dizer, mas você se enganou.

O uso de um chatbot é mais comum do que você imagina. É bem provável que todos nós já tenhamos conversado com um mesmo sem saber. Se bem orientado e ensinado com os comandos certos, o bot pode até vender por você.

Por isso, neste conteúdo você vai entender o que é um chatbot e o por quê todas as empresas – principalmente as focadas em marketing digital – podem ter um, sem restrições. No final, você vai descobrir novas possibilidades para oferecer aos seus clientes!

Boa leitura!

O que são chatbots?

Do inglês, chat = bate-papo. Bot = robô. O que significa bate-papo com robô. E é isso mesmo. A diferença é que o usuário pode acioná-lo a qualquer momento, 24 horas por dia, sete dias por semana.

Eles podem tirar dúvidas, orientar, agendar reuniões, confirmar entregas, captar leads e ainda qualificá-los. Cerca de 70% do tempo das equipes de vendas são investidos em qualificação dos leads. Com um bot, é possível fazer mais com menos.

Segundo uma pesquisa da Velocity, responder um cliente rapidamente aumenta em 400% as chances de conversão. Isso tudo sem a interação de ninguém. O papel do humano, nesse caso, é treinar o chabot para que ele entenda o que responder.

Então, ao invés de você destinar um colaborador exclusivamente para atender às demandas do WhatsApp, do Instagram e do Facebook, por exemplo, o chatbot pode proporcionar agilidade e satisfação.

O bot pode realizar o atendimento do início ao fim ou, no caso de demandas mais críticas, direcionar o lead para um consultor finalizar o chamado. Vale lembrar que mais de 80% das solicitações são perguntas frequentes sobre ações básicas e que podem estar em um FAQ.

Como funciona um chatbot?

Existem dois tipos de bots. Um deles é aquele que você consegue aplicar facilmente dentro de um site. Por exemplo: você constrói todas as perguntas frequentes e suas respostas, pode inserir as imagens, links, emojis, entre outros artigos visuais. Quando o usuário informar o nome, o bot sabe que o próximo passo é ele perguntar o e-mail ou alguma outra coisa.

O segundo tem como base a IA (Inteligência Artificial). Esse demora um pouco mais de tempo para ser implementado, pois depende das interações dos usuários. A partir daí o robô vai construindo sua base de conhecimento e, então, fornece respostas mais inteligentes com o passar do tempo.

Vale reforçar que o mais importante é resolver o problema do cliente o mais rápido possível sem tornar complexo o funcionamento, diferente de um chatbot baseado em IA. Ou seja, você pode começar a utilizá-lo agora mesmo!

Como o chatbot pode ajudar em uma estratégia de marketing digital?

O primeiro passo é entender qual problema será resolvido com a implementação de um chatbot. O seu vendedor tem recebido muitas dúvidas referente ao estoque? Ou muitas dúvidas de suporte? Ou, ainda, pedem segunda via de boletos diretamente para o time de vendas?

Se sim, o seu time está investindo energia em operações que poderiam ser realizadas de forma automatizada. Com o bot, as demandas simples serão sanadas após uma interação que será configurada.

Realizado o primeiro passo, é importante verificar em qual canal ele será habilitado. Aqui vale analisar qual a origem da maioria dos leads, por isso, uma dica é inserir chatbots em aplicativos de mensagens que os usuários costumam acessar pelo celular.

É possível replicar o chatbot da Octadesk em diferentes canais, como no Instagram, Messenger, WhatsApp, site e blog. Inclusive, você pode realizar um teste gratuito para entender como funciona na prática.

Como integrar o bot na estratégia de marketing e vendas

Se o intuito é aumentar suas vendas e a dos seus clientes, um bot no projeto será o seu aliado para potencializar os resultados. Portanto, entre os benefícios da qualificação dos leads está a automatização de processos.

Outro fator relevante na contratação de um chatbot é a eficiência operacional. Um robô pode realizar o atendimento de inúmeras pessoas ao mesmo tempo sem se confundir ou trocar as respostas. Essa situação não seria sustentável em uma pequena empresa.

Os clientes da Octadesk conseguem 40% mais conversão utilizando chatbots para qualificação de leads, o que gera mais produtividade da equipe de vendas.

Se você não sabe por onde começar, a Octadesk oferece uma galeria de modelos conversacionais prontos como, por exemplo, a qualificação inteligente, onde em poucos cliques é possível inserir um bot que irá potencializar as vendas.

Quem atua em uma agência de marketing atende dois tipos de clientes: diretos e os indiretos, que são os clientes dos clientes. Seja para facilitar o dia a dia da sua equipe ou implantá-lo em um cliente, de fato, o chatbot irá melhorar e escalar o atendimento.

Com a disponibilidade do uso da ferramenta 24 horas todos os dias da semana, é possível identificar o comportamento do consumidor e encurtar o caminho até a venda, sem espaço para a concorrência.

Essa economia de recursos ajuda na diminuição do CAC das campanhas de marketing e potencializa a conversão de leads tornando uma estratégia mais eficaz, possibilitando uma integração entre marketing e vendas.

Com isso, as agências conseguem acompanhar o lead no funil até se tornar cliente e mensurar o ROI de forma assertiva em cada ação.

Como criar os fluxos de conversas no seu bot?

Depois de entender qual problema o bot resolve e em qual canal ele será implantado, é preciso desenhar o fluxo que ele vai seguir de forma organizada. O assistente virtual precisa responder de forma assertiva.

Para chegar nessa etapa, é comum a configuração de diferentes formatos de interação, assim como colher feedbacks e conseguir aprimorar essa interação. O importante é iniciar de alguma forma, dispensando um planejamento robusto.

Já pensou planejar um ano e chegar a conclusão que o usuário passou por uma experiência ruim? Aprenda como você pode dominar a técnica da criação de um chatbot.

A ideia é identificar as principais questões trazidas pelos usuários e pensar em diferentes possibilidades de respostas. Para isso, você pode desenvolver uma análise no histórico de atendimentos com o uso de tags, que podem ser facilmente inseridas com apenas dois cliques.

Com elas, você segmenta e analisa quantitativamente as conversas atendidas e faz uma análise posterior. Um exemplo prático é verificar quantas conversas foram mapeadas com a tag ‘segunda via de boleto’, por exemplo.

Assim, você terá insumos para automatizar um processo simples e que leva tempo quando um profissional precisa fazê-lo.

Seja um parceiro e descubra o que os bots podem fazer pelos seus clientes

Um dos benefícios de ser parceiro da Octadesk é a consultoria comercial que auxilia 100% no acompanhamento, que é realmente mão na massa. Essa consultoria envolve desde o foco no modelo de negócio do parceiro até a operação de vendas, como:

  • Identificar o cliente certo;
  • Apresentar o Octadesk;
  • Negociar;
  • Fechar;
  • Configurar.

Tudo isso para ajudar no início da jornada do parceiro para que ele possa, através de um plano de ação, evoluir nos níveis.

Portanto, o chatbot auxilia no marketing digital e ainda otimiza os processos através de uma operação moderna, sendo um diferencial para a sua agência ou o seu cliente. Dessa forma, você e seus clientes vão fazer muito mais com o mesmo recurso, seja financeiro ou humano.

 

Você pode gostar também