O que é Call Center? Tudo que você precisa saber!

Você sabe o que é call center e como adotar um na sua empresa? Confira, nesse artigo, tudo que você precisa saber para possuir uma estrutura de call center!
3 telefones com fio espalhados no chão

Está fazendo mil coisas ao mesmo tempo? Que tal ouvir esse post enquanto termina outras atividades?

Você sabe o que é Call Center? Confira na lista o que você vai ler por aqui:

Bons estudos!

O que é Call Center?

Traduzida do inglês “call” (chamada) “center” (central). É uma central de atendimento que possui o objetivo de fazer a interface entre a empresa e o consumidor. Sem dúvida, é um setor muito importante dentro das empresas, visto que ele pode mudar completamente a forma como os consumidores enxergam as marcas.

Existe dois tipos: o ativo, que é proativo no contato com prospectos e clientes, e o receptivo, que somente responde aos contatos recebidos.

Outra distinção importante, e passa despercebida para a maioria, é que o call center é necessariamente interno; por outro lado, as empresas que terceirizam esse serviço são chamadas de telemarketing.

Existe também o contact center, que é uma versão evoluída do call center, pois não se limita ao contato telefônico – engloba também outros canais de atendimento.

O Call center propõe um serviço de canal de relacionamento que realiza diversas atividades para atender as necessidades dos clientes. Ele possui vários recursos como:

  • Computadores;
  • Equipamento de telecomunicação;
  • Sistemas;
  • Agentes e operadores.

Tais recursos permitem que os clientes interajam com os sistemas e operadores, além de poderem receber várias ligações simultaneamente.

Quais serviços são prestados?

Os serviços mais conhecidos em um Call Center são o Serviço de Atendimento ao Consumidor e o setor de cobrança de diversas empresas. Mas isso é apenas uma parte do que o setor é capaz de operar. Entre os serviços prestados estão:

  • Pesquisas de satisfação de clientes;
  • Suporte técnico;
  • Prospecção e Vendas;
  • Canal de dúvidas, sugestões e reclamações.

Embora esse seja considerado um setor de prestação de serviços que muitas vezes é feito por terceiros, ele é responsável não só por gerar novos negócios, mas também mudar a imagem que os consumidores tem de determinada marca, produto ou serviço.

Quais são os benefícios do Call Center?

A contratação de um Call Center traz diversos benefícios não só para as empresas como também para o consumidor. Entre os benefícios mais perceptíveis estão:

Redução de Custos

Um Call Center possui muitos processos automatizados de modo que os custos acabam sendo menores. Mesmo que haja custos com a tecnologia, ele tem o papel fundamental para reduzir custos em médio e longo prazo.

Por exemplo, antigamente os operadores perdiam muito tempo discando para diversos números até encontrar uma linha disponível. Hoje, é possível ver a utilização de discadores automáticos. Ou seja, os atendentes não precisam se preocupar com essas chamadas porque eles vão lidar apenas com as chamadas qualificadas.

Acima de tudo, os gastos que uma empresa tem com espaço, equipamento, água, luz, logística etc são todos da empresa terceira, o que reduz os custos da empresa contratante.

Produtividade em alta

Produtividade em Call Center é assunto sério, afinal, quanto mais os atendentes produzem, mais se justifica a empresa que contratou o serviço manter os contratos.

A tecnologia dentro de um Call Center permite que muitas chamadas sejam resolvidas em canais eletrônicos, por exemplo, quando uma ligação é transferida para um determinado departamento sem a interferência de uma pessoa.

Além disso, muitas empresas já possuem bots telefônicos para responder muitas questões básicas dos clientes. Assim, os agentes ficam livres e mais focados em atender bem a todas as solicitações.

Redução de Erros

Pelo fato dos processos serem automatizados, muitos erros são reduzidos, por exemplo, erros de digitação, cálculo, boletos etc.

Ou seja, além de agilizar o atendimento, as automações tornam uma operação praticamente livre de erros. Por isso, retrabalho e reclamações a respeito dos atendentes são menores.

O que é um bom Call Center?

Talvez não exista uma definição exata do que é um bom call center, mas certamente podemos levantar algumas qualidades que ele deve apresentar. Veja uma lista de cinco características presentes em um bom call center:

1. Agentes alinhados com a cultura da empresa

A cultura da sua empresa diz como o negócio enxerga os clientes e como eles devem ser tratados, correto? Pois então, as ações dos agentes devem refletir tudo isso.

Se a cultura da empresa diz que o cliente está sempre em primeiro lugar, mas as ações dos agentes não priorizam a satisfação, existe um conflito. O resultado é que todo o discurso da organização perde credibilidade, dentro e fora dela.

2. Agentes preparados

Além do alinhamento com a cultura da empresa, os agentes também precisam estar bem preparados. Essa preparação tem duas facetas: uma, de comunicação; outra, técnica. Sem treinamentos recorrentes e especializados é impossível aumentar a qualidade do customer service.

A preparação em relação à comunicação permite que os agentes usem a linguagem adequada de acordo com o público e com a situação. Por exemplo, o call center de uma distribuidora de equipamentos para esportes radicais e o call center de uma indústria farmacêutica naturalmente devem usar linguagem diferente, pois seu público é diferente.

Além disso, a linguagem ao falar com um cliente particularmente insatisfeito, irritado, também é especial; e o agente precisa saber disso.

A preparação em relação a aspectos técnicos do produto (ou serviço) da empresa agiliza a resolução de problemas, solicitações e dúvidas dos clientes. Por isso, os agentes de call center não devem ser meros intermediários entre o cliente e os outros setores da empresa, mas profissionais capacitados para realizar o atendimento com autonomia.

3. Recursos tecnológicos

Outra característica de um bom call center é que ele conta com recursos tecnológicos, de hardware e software, que tornam o trabalho dos agentes e do gestor mais eficiente.

É o caso de um bom sistema de atendimento ao cliente, que possibilita acompanhar métricas para avaliar a produtividade da equipe e até mesmo o nível de satisfação dos clientes após o contato com o call center.

4. Espaço na estratégia da empresa

Um bom call center tem seu espaço na estratégia da empresa; assim, ele recebe a atenção dos gestores a fim de buscar oportunidades para melhorar seu desempenho.

Além disso, esses o call center também pode colaborar para objetivos gerais, como conquistar e fidelizar clientes, aumentar as vendas, reforçar o posicionamento de mercado e até expandir o negócio.

5. Metas e métricas adequadas

Um bom call center tem metas e métricas claras; no entanto, é preciso ter cuidado para não priorizar as coisas erradas. Como assim? Bem, aqui vai um exemplo: algumas empresas colocam muita ênfase no tempo, mas nem tanta ênfase na qualidade do atendimento.

Entretanto, essa rapidez nem sempre é percebida positivamente, na perspectiva do cliente. Na prática, pode ser melhor ter uma equipe de agentes “menos produtiva”, mas capaz de deixar o cliente satisfeito.

Como você pode observar, saber o que significa call center – e, principalmente, conhecer suas características é importante para assegurar a excelência da experiência do cliente.

Ah, e por falar em experiência do cliente, o que você acha de acessar um relatório exclusivo de tendências em Customer Experience para 2020? Basta acessar a página e fazer o download gratuito do estudo CX Trends 2020, criado em parceria pela Octadesk e OpinionBox. Acesse agora mesmo!

Por que ter um Call Center?

Começar um Call Center do zero é uma tarefa que requer muito trabalho, caso contrário, ele não funciona da maneira como deve funcionar. Por isso, muitas empresas estão optando pela terceirização do atendimento ao cliente.

Alinhar as expectativas e métricas entre empresa contratada e contratante é essencial porque os SLAs são determinantes para oferecer um atendimento ao cliente de qualidade.

Ter uma boa estrutura é essencial para melhorar a percepção que os consumidores têm dos produtos e serviços, coletar dados e insights que ajudam no crescimento da empresa, melhorar a experiência do cliente, além de resolver problemas com eficiência. Alto faturamento é consequência.

Falei um pouco sobre equipe nesse texto, não é? Veja, com o eBook abaixo, como melhorar a gestão e qualificação de pessoas no atendimento!

gestão de pessoas - o pilar mais importante para um bom atendimento

Você pode gostar também