Manual de como vender no WhatsApp todos os dias de 2022

Você vai aprender como vender no WhatsApp aplicando técnicas já comprovadas por especialistas de e-commerce. Confira!

ilustração de um polvo segurando o logo do WhatsApp

E se você tivesse a receita de como vender no WhatsApp todos os dias? Continuaria tentando os mesmos métodos que nunca trouxeram bons resultados?

Quando o assunto é aumentar as vendas sem fazer tantos investimentos e ainda garantir agilidade no atendimento ao cliente, é impossível não pensar no WhatsApp.

Ainda assim, grande parte dos empreendedores não estão aptos a usar essa ferramenta. Ou seja, o WhatsApp é utilizado pela maioria, mas poucos conseguem extrair todo o potencial de vendas que ele oferece.

Por exemplo, você já deve ter ficado esperando um bom tempo por algum cliente novo no WhatsApp, certo? Essa situação é ainda mais comum do que você imagina. Uma coisa é disponibilizar o aplicativo para os clientes e pensar que vai vender mais só por isso. Outra coisa é gerar demanda.

Se você quer saber o que especialistas do mercado fazem, continue comigo. Aqui você vai aprender a divulgar, atender, vender e até mensurar seus atendimentos no WhatsApp.

Abaixo todo o conteúdo que você vai ler aqui:

Boa leitura… E boas vendas no WhatsApp!

Como gerar demanda no WhatsApp? Veja 20 formas

Quando falamos em gerar demanda no WhatsApp, significa que queremos atrair pessoas e estimular conversas. Mas como fazer com que as pessoas iniciem conversas com a sua empresa?

a. Botão do WhatsApp

Uma das práticas mais conhecidas de quem vende no app é colocar um botão de WhatsApp em locais estratégicos. Isso funciona tão bem porque é uma forma de aproveitar os acessos de algumas páginas. Ou então, os locais para onde o usuário costuma olhar.

Além de facilitar o contato do usuário com a sua marca, você pode gerar leads. Na prática, existem diversos locais onde é possível explorar o recurso:

  • Pop ups: sabe aquelas faixas ou banners que aparecem quando o usuário visualizar a página? Eles podem ser usados para fazer a divulgação do seu número. Não esqueça de escrever uma mensagem atrativa que estimule os cliques no botão que leva para uma conversa no app;
  • Canto inferior: algumas empresas usam aplicativos de chat específicos, mas se preferir, é só substituir por um botão do WhatsApp. Você pode aproveitar para usar não apenas no site, mas também em blogs e landing pages;
  • Página do carrinho de compras: que muitas compras são feitas por impulso você já sabe. Mas o que talvez você não saiba, é que estar disponível para o cliente também ajuda a vender mais. Por isso, deixar um botão de WhatsApp nesta página evita que o usuário deixe de comprar por algum motivo. Por exemplo, imagine que houve um erro no pagamento, um cupom não funcionou ou qualquer outro problema. Sendo assim, basta o cliente chamar no aplicativoe solicitar ajuda;
  • Facebook: a página de informações da sua empresa na rede social deve ser utilizada de maneira estratégica. Para isso, insira um link do seu número de WhatsApp no espaço destinado às informações de contato. Caso prefira, esse link pode ser inserido no botão de ação (botão padrão onde você define se o usuário vai abrir seu site, fazer uma ligação ou acessar outra página);
  • Facebook/Instagram Ads: existe a opção de direcionar os usuários de um anúncio para uma conversa no WhatsApp. Dessa forma, o usuário clica no botão dessa campanha e uma janela de conversa será aberta no WhatsApp. Essa categoria de campanha serve tanto para o Facebook quanto para o Instagram;
  • Instagram: as páginas do Instagram para Negócios já possuem a opção de colocar o link de WhatsApp em um botão. Assim, o usuário consegue entrar em contato com seu e-commerce com apenas um clique;
  • LinkedIn: se você utiliza a rede social de networking, lá também existe um espaço onde colocar o link do WhatsApp. O usuário visualiza como um botão, podendo entrar em contato em questão de segundos.

? Veja como criar um botão do WhatsApp para o seu site

b. Link do WhatsApp

O link do WhatsApp também facilita muito a comunicação entre a empresa e o cliente. Mas não basta ter um link. É preciso utilizá-lo de maneira inteligente. Veja abaixo como inserir o link com o número da sua loja em diversos canais e conteúdos:

  • Feed das redes sociais: se fizer sentido, por que não compartilhar um conteúdo com um link do WhatsApp na descrição? Se o post é sobre um produto que você oferece, aproveite para incentivar uma conversa que vai gerar uma venda;
  • Bio do Instagram: caso queira utilizar o botão do Instagram para outro site, a descrição da sua loja pode ser uma opção para colocar o link de contato;
  • Stories do Instagram: agora existe a possibilidade de inserir um link nos stories. Basta buscar nas figurinhas a opção de link;
  • Vídeos do YouTube: você criou uma estratégia de conteúdo em vídeo? Aproveite para levar os espectadores para uma conversa com a empresa, se fizer sentido. Para isso, basta inserir o link na descrição do seu canal e dos próprios vídeos, ou ainda, em um card (referência a outro conteúdo que aparece na tela do vídeo);
  • Assinatura de e-mail: se você costuma trocar e-mails com usuários, clientes e afins, essa opção é mais que válida. Basta inserir o link na sua assinatura com um convite para as pessoas entrarem em contato;
  • CTA dos e-mails: suas campanhas de e-mail podem ser focadas em levar as pessoas para o WhatsApp. Caso você já tenha um e-commerce, talvez faça mais sentido usar a url do site. Mas se não tiver, pode ser uma boa ideia convidar o futuro cliente para uma lista exclusiva, por exemplo;
  • Google Meu Negócio: se você ainda não tem uma página no Google Meu Negócio, deveria começar a pensar nisso. Inclusive, você consegue inserir um link para os usuários que encontrarem o seu perfil ter um canal aberto com sua loja;
  • Google Ads: se você faz anúncios no Google Ads, é possível usar uma url com o link do WhatsApp. Mas lembre-se: para essa estratégia funcionar, é preciso usar as palavras-chave corretas e otimizar a campanha sempre que necessário.

? Crie seu link do WhatsApp aqui

c. QR Codes

Os QR Codes são os novos códigos de barras. Eles se popularizaram, principalmente na internet e você pode utilizá-los para levar pessoas para o WhatsApp. São fáceis de acessar o conteúdo, visto que é só apontar a câmera do celular para o código.

  • Lives e vídeos de conteúdo: quem ainda não conhecia esse tipo de código, acabou conhecendo com a infinidade de lives realizadas por empresas e famosos. Enquanto o conteúdo é passado na tela, um código surge em primeiro plano;
  • Loja física: para que as empresas não percam a oportunidade de se conectar com pessoas que não compraram na loja, esta é uma boa opção. Basta inserir o código em vitrines ou banners da loja;
  • Cartões de visitas: se você realiza a divulgação do seu e-commerce por meio de cartões de visitas, aproveite o espaço e facilite o contato do cliente;
  • Embalagens: sua embalagem também é uma forma de marketing. Uma embalagem bem feita vai ser guardada e reutilizada. Por isso, ter um QR Code nela é uma forma de se manter no radar do cliente;
  • Materiais de marketing: se você utiliza a estratégia de marketing de conteúdo, aproveite o espaço para incentivar novas conversas pelo WhatsApp. Sendo assim, quando um potencial cliente baixar um ebook, planilha, entre outros materiais, ele terá a opção de falar com seu e-commerce mais rapidamente. E por que não, até converter mais rápido.

E agora, como atender seus clientes?

Como deve ser o atendimento via WhatsApp?

Para entender como vender no WhatsApp todos os dias existe uma verdade absoluta: você precisa dominar a arte de atender bem no aplicativo.

Mas para isso acontecer, é preciso se atentar a algumas regras básicas.

1. Tenha um número exclusivo para negócios

Vender no WhatsApp exige profissionalismo. Por isso, é praticamente obrigatório ter um número exclusivo para negócios.

Primeiro, porque você evita responder clientes em horários inapropriados. Segundo porque você separa vida pessoal dos negócios. Por fim, porque você evita ficar online e deixar o cliente esperando por muito tempo.

Além disso, existe outra questão. A medida que o seu negócio vai crescendo, é provável que você contrate uma equipe. Mas como a equipe vai utilizar o seu número pessoal para realizar atendimentos? Não dá, não é mesmo?

2. Ofereça atendimentos rápidos

Quem vende no WhatsApp há algum tempo sabe: atender rápido é tão importante quanto atender bem. Porém, alguns empreendedores acabam se perdendo ao utilizar o aplicativo.

Pense em 4 situações:

  • Existe uma só pessoa realizando as vendas e ela precisa de ajuda com os atendimentos;
  • O time todo tem apenas um aparelho de celular e fica revezando os atendimentos;
  • Cada pessoa do time tem um aparelho, o que dificulta o acesso do cliente à empresa;
  • As pessoas do time utilizam celulares pessoais, o que impossibilita o acompanhamento da gestão.

Em todas as situações acima, existe um fator que ficou de fora: a agilidade no atendimento ao cliente. Seria impossível oferecer a primeira resposta para o cliente em um tempo aceitável.

E por falar em tempo, de acordo com a CX Trends 2021, 53% dos consumidores gostariam de ser atendidos em até 10 minutos. Outros 25% esperam que isso aconteça em até 1 hora. Com isso, você consegue perceber que é impossível ser ágil nestas 4 situações.

A solução para este problema é contar com a ajuda de sistemas especializados como o Octadesk. Ao conectar seu número ao sistema, você terá:

  • Toda a equipe atendendo em um só número;
  • Chatbots para auxiliar ou automatizar demandas da equipe;
  • WhatsApp Oficial gratuito no plano River*;
  • Pacote com 250 mensagens proativas*;
  • Etiquetas para identificar conversas;
  • Roleta de atendimento;
  • Métricas e relatórios;
  • E muito mais!

*Até o momento da edição deste artigo (31.01.22) essas eram as informações disponíveis. Considere sempre os preços na tabela do site.

3. Deixe a equipe alinhada

Dependendo do histórico profissional de cada vendedor/atendente, talvez cada um tenha um entendimento diferente de como o atendimento deve funcionar.

Para evitar que isso aconteça, crie um pequeno manual para orientar esses profissionais. Não precisa ser algo muito elaborado, mas que a pessoa consiga visualizar e entender facilmente. Por exemplo, uma planilha com o que pode e o que não pode ser feito. Nesse caso, é importante alinhar sobre o uso de linguagem informal, abreviações e emojis.

4. Aposte em personalização

Embora exista um script de atendimento a ser seguido (você verá sobre esse assunto no próximo tópico), a conversa não precisa ser engessada.

O que isso quer dizer? Existe uma pessoa do outro lado. Trate-a como alguém que precisa da sua ajuda. Entenda o contexto da conversa e interaja com o cliente.

Um exemplo disso é se o agente de atendimento identificar que a data de aniversário do cliente está perto, pode mencionar esse fato, parabenizando o cliente.

Ou seja, o atendimento funciona não apenas para resolver problemas, mas também para conhecer o cliente, seus gostos, as referências que têm e os contextos que vivencia. O efeito sobre a experiência do cliente é bastante positivo.

5. Alinhe suas expectativas com o cliente

Não deixe o cliente no escuro! Se você agir com mistério, é quase impossível que ele não tenha uma boa experiência. O que isso quer dizer? Se você não oferece atendimento 24 horas, é essencial que o cliente saiba disso.

Para que isso não ocorra, é possível utilizar uma mensagem de saudação. Esse tipo de mensagem tem como objetivo dar as boas-vindas ao cliente e alinhar expectativas. Por exemplo:

“Boas-vindas à loja XPTO. Nosso horário de atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 18h. Deixe sua mensagem para nós e responderemos assim que possível.”

Outro ponto importante é alinhar expectativas até mesmo durante uma conversa. Se você está resolvendo algum problema ou tirando alguma dúvida, deve explicar para o cliente quanto tempo todo o processo deve demorar.

Ou então, em casos em que a resolução vai levar tempo, dê uma estimativa e, enquanto isso, deixe o cliente a par da situação.

6. Utilize chatbots para dar mais força aos atendimentos

Os chatbots já não são novidade para quase ninguém. Por isso, você pode utilizar sem medo. De acordo com a CX Trends 2021, 59% dos consumidores já utilizaram chatbots para alguma finalidade. Por outro lado, 69% das empresas possuem ou pretendem contratar uma ferramenta de chatbots.

Embora alguns ainda tenham receio de que os chatbots vão acabar com os empregos, é importante saber do principal. O fato é que os chatbots não podem fazer tudo o que as pessoas fazem. Por isso, eles fortalecem o trabalho. Como?

Em vez de um atendente responder sempre à solicitações repetitivas, o chatbot pode filtrar algumas delas. Dessa forma, ele ajuda o cliente e depois, o colaborador dá continuidade a conversa. Alguns dos nossos clientes conseguiram reduzir em 30% essas solicitações, de modo que o foco dos atendentes é resolver assuntos mais complexos.

7. Atente-se às boas práticas de conversação

Embora o WhatsApp lembre muito uma ferramenta informal, é preciso se atentar a algumas boas práticas.

  • Não bombardeie o cliente com muitas mensagens. Procure responder apenas o que foi perguntado e faça perguntas quando necessário;
  • Quando iniciar um atendimento, procure resolver a questão do cliente o mais rápido possível;
  • Envie áudios apenas se o cliente enviar primeiro. Jamais envie áudios longos;
  • Preste atenção à ortografia. Veja o guia de 102 erros de português que você não deve cometer;
  • Não seja uma pessoa monossilábica. Ofereça respostas completas e educadas.

8. Peça feedbacks

Você sabia que o feedback é um presente? Ele é ótimo para entender as percepções dos clientes a respeito da experiência que você oferece.

Às vezes, as empresas pensam que oferecem um bom atendimento, mas os consumidores não enxergam dessa forma. É o caso do que foi apontado na CX Trends 2021. Enquanto 76% das empresas acreditam que oferecem uma boa experiência para os seus clientes, apenas 49% dos consumidores acreditam nessa afirmação.

Por isso, ninguém melhor que o cliente para apontar melhorias para a empresa. E de que forma fazer isso? Por meio de pesquisas de satisfação. Inclusive, no próprio Octadesk já existe uma funcionalidade de pesquisa de satisfação para WhatsApp.

9. Acompanhe relatórios

Se você utilizar a versão do WhatsApp Business não vai ter certos tipos de relatórios. Por isso, é mais indicado contratar uma solução que ofereça dados que ajudem na operação do dia a dia.

Ter informações sobre os atendimentos no WhatsApp são essenciais. Primeiro, porque você consegue entender o que está indo bem. Segundo, porque consegue corrigir a tempo o que não está de acordo com seus objetivos.

Por exemplo, usando um sistema de atendimento para WhatsApp, você analisa o tempo de atendimento, quantas pessoas estão na espera, quantos agentes estão online etc.

Como vender meu produto pelo WhatsApp?

Embora seja fácil fazer vendas por WhatsApp, é preciso que você entenda a necessidade de certa profissionalização. Para que você tenha sucesso, existe uma ferramenta que pode ajudar seu time: o script de vendas por WhatsApp.

Mas como criar um script de vendas? Antes de começar, é importante analisar quem é o seu público. Afinal, a linguagem utilizada nas conversas vai depender muito dele.

Nesse processo, você não deve se esquecer do objetivo final. Por se tratar de um script de vendas, o seu objetivo é vender ou convencer o consumidor a fazer alguma coisa. Por exemplo, baixar um material, fazer um teste gratuito, acessar o site ou ver produtos do catálogo. Ou então, finalizar a venda na própria conversa.

Portanto, não desvie o foco da conversa, seu objetivo é vendas por WhatsApp.

Passo a passo de um script de vendas pelo WhatsApp

Canva mostrando as etapas que devem ser realizadas em um atendimento de vendas no WhatsApp

Por fim, treine sua equipe não para que decorem o script, mas que saibam agir em diferentes situações. Um bom exemplo é quando em uma conversa de vendas, um cliente começa a reclamar de algo. Como resolver isso sem perder a venda?

Como contornar objeções de venda no WhatsApp?

As objeções de vendas são barreiras que os clientes colocam diante de uma proposta de negócios. Algumas, são frases automáticas para ganhar tempo e dar uma resposta depois. Outras, são apenas um jeito de finalizar aquela conversa.

Veja quais são as principais objeções de vendas e como contorná-las:

1. “Estou sem dinheiro”

Essa é uma das objeções mais comuns. Para contornar essa justificativa, mostre que se preocupa com os desafios do cliente.

Outra solução é mostrar tudo o que o cliente pode ganhar. Ou seja, tire o foco do dinheiro e passe a destacar os benefícios que estão em jogo.

2. “Preciso de mais tempo para pensar”

É fato, algumas coisas levam tempo para alguém tomar uma decisão. Mas se você não guiar a pessoa para os próximos passos, pode acabar perdendo a venda.

Então, a saída para essa objeção é informar quanto tempo a promoção ou produto estará disponível. Ou, se for o caso, combinar uma reunião ou data que você voltará a falar com ela.

Fazendo com que as pessoas se sintam à vontade, a chance de conquistar uma venda é grande.

3. “Vi mais barato em outro lugar”

Existem duas possibilidades nessa fala: ela pode ou não ser verdadeira. No primeira caso, foque nos benefícios que o cliente vai ter e nos pontos fortes que tem sobre a concorrência.

No segundo caso, você pode pedir para o cliente enviar algum link — se você tiver a intenção de cobrir o preço. Caso contrário, mostre com respeito que aquela informação não é verídica.

4. “Desculpe, estou sem tempo”

Quando isso acontece, é porque a pessoa não tem muito interesse. Então, se você conseguir mostrar de forma rápida alguns produtos, já é meio caminho andado.

Além disso, mostrar os maiores benefícios do produto também é uma boa estratégia. Se houver muita coisa a ser mostrada, foque no principal.

5. “Não conheço essa empresa”

Se uma pessoa ficar insegura por conta da empresa, uma forma de contornar essa objeção pode ser mostrando a realidade.

Por exemplo, opiniões de outros clientes no Google, comentários no site da loja e em redes sociais. Se tiver uma boa nota no Reclame Aqui, também é uma boa ideia compartilhá-la com o cliente.

Dessa forma, o cliente vai confiar na marca mesmo sem conhecê-la. Afinal, se tantas outras pessoas confiam, por que não confiar também?

6. “Eu não preciso desse produto”

Essa também é uma das objeções mais conhecidas quando se pretende recusar uma oferta. Mas para que você ganhe o cliente, vai precisar de um pouco de esforço.

A verdade é que, provavelmente a pessoa está enganada ou tentando enganar que não precisa. Por isso, você deve mostrar os benefícios reais do produto.

7. “Eu já tenho esse produto”

Se o cliente disser que já tem o produto, talvez não haja mais o que argumentar. Mas você você pode aproveitar para mostrar outras opções similares.

E aí que entra o upsell, que é o ato de vender produtos com valores mais altos. Por exemplo, quando uma pessoa compra um picolé e você oferece um pote de 1 litro.

Ou então, o cross-sell, que é o ato de vender produtos ou serviços complementares. Por exemplo, quando uma pessoa compra um hamburguer e você oferece um refrigerante e batatas fritas como complementos.

Quais recursos usar para vender no WhatsApp?

Como vender no WhatsApp todos os dias utilizando a versão comum do aplicativo? Embora há quem tente, é impossível ter bons resultados.

Primeiro de tudo, vale ressaltar que existem 3 versões diferentes do WhatsApp:

  • WhatsApp Messenger: é o aplicativo utilizado para conversar com amigos e familiares, provavelmente, a primeira versão que você utilizou;
  • WhatsApp Business: é o aplicativo voltado para microempresas, pode ser utilizado no mesmo aparelho da versão Messenger, porém é necessário outro chip. Ele possui alguns recursos para atendimento ao cliente e vendas: etiquetas, respostas rápidas, mensagem de ausência e saudação;
  • WhatsApp Business API: também conhecido como WhatsApp Oficial, ele é a versão mais robusta e já não funciona como um aplicativo, mas como um serviço. Não é necessário usar o celular, por isso, ele é mais estável. Entre suas funcionalidades estão chatbots, conexão com outros sistemas, etiquetas, disparo de mensagem em massa, múltiplos usuários, botões interativos, pesquisa de satisfação, respostas rápidas, entre outras. Você pode contratá-la pela Octadesk.

Conheça, agora, mais detalhes dos recursos que você pode utilizar para fazer vendas por WhatsApp.

Múltiplos usuários

Ter um número para toda a equipe utilizar é uma das facilidades que todo mundo que faz vendas por WhatsApp gostaria.

Embora seja possível acessar o mesmo número de alguns dispositivos na versão Business, na versão API você encontra muito mais recursos.

Usar WhatsApp com vários usuários permite atender mais rápido. Como já foi dito no início deste artigo, essa função faz você evitar as seguintes ocasiões:

  • O time todo tem apenas um aparelho de celular e fica revezando os atendimentos;
  • Cada pessoa do time tem um aparelho, o que dificulta o acesso do cliente à empresa;
  • As pessoas do time utilizam celulares pessoais, o que impossibilita o acompanhamento da gestão.

Com o Octadesk, você ainda consegue ter métricas e entender o andamento das conversas de toda a equipe.

Roleta de atendimentos

Quando se utiliza o mesmo número no WhatsApp Business, que é a versão intermediária, é impossível organizar o atendimento em equipe.

Quando um cliente inicia uma conversa, quem vai ser o responsável? Ordenar que exista um fila dos atendentes para atender os clientes pode acabar sendo ainda mais confuso. Por exemplo:

  1. Sara é a primeira
  2. João é o segundo
  3. Stella é a terceira

Suponhamos que João finalizou seu atendimento antes que os demais, então, nem todos possuem o mesmo tempo de duração. Então, nesta lógica, ele precisa aguardar sua vez para começar uma nova conversa.

Porém, quando se utiliza uma ferramenta que faz esse trabalho, a história muda. Por exemplo:

Seguindo a ordem anterior, João finalizou seu atendimento. Então, o próximo cliente vai ser atendido por ele. Se Stella for a próxima, da mesma forma.

Ou seja, não é sobre a ordem, mas sobre quem está disponível.

Agora veja um outro caso em que o Octadesk se mostra muito útil:

João está realizando o último atendimento do dia porque logo em seguida tem uma consulta médica. Com o Octadesk, ele muda o status para ocupado e nenhum outro cliente vai ser direcionado para ele, mas sim para seus colegas.

Respostas rápidas

Sabe quando o time recebe uma infinidade de perguntas similares e passa um bom tempo respondendo a todas elas? Além de ser improdutivo para o time, é um tempo extra que o seu cliente vai ter que esperar por um atendimento.

Mas os seus problemas acabaram! Agora, basta salvar essas perguntas frequentes em um documento. Quando você tiver uma boa quantidade delas, é só adicioná-las ao WhatsApp.

Depois, quando o cliente enviar uma pergunta, basta clicar no atalho escolhido para aquela dúvidaa e enviar para ele. As respostas rápidas estão disponíveis no WhatsApp Business e no WhatsApp Oficial do Octadesk.

Etiquetas

As etiquetas são um recurso conhecido no WhatsApp Business. Porém, muitas pessoas não conseguem utilizá-las com eficiência.

Primeiro, é preciso entender para que servem as etiquetas. Elas têm a finalidade de categorizar os atendimentos. Por exemplo:

  • Identificar os produtos mais vendidos ou citados;
  • Acompanhar as diferentes etapas do processo de compras;
  • Classificar clientes;
  • Classificar assunto da conversa;
  • Entender motivos de contato;
  • Priorização de demandas;
  • Categorizar solicitações;
  • E muitas outras.

Se fosse classificar suas vendas e atendimentos com as tags do WhatsApp Business, você não teria uma visão macro de tudo o que aconteceu.

No Octadesk, você pode analisar períodos, a quantidade de conversa em cada etiqueta, encontrar as conversas com base nos filtros realizados, além de exportar relatórios.

Disparo de mensagem em massa

O disparo de mensagem em massa é um recurso que permite enviar um mesmo conteúdo para diversas pessoas ao mesmo tempo. Se fosse no WhatsApp Business, essa prática já teria sido banida. Seu número, provavelmente nem existira mais no aplicativo.

Mas com o WhatsApp Oficial, você oferece uma experiência personalizada como se fosse um e-mail de marketing. Ou seja, ao enviar uma promoção, por exemplo, você consegue personalizar a mensagem.

E o melhor de tudo: a personalização pode ser de acordo com o nome, pessoa aque já atendeu, última compra e muitas outras variáveis.

Na versão Business, essa ação seria feita como uma lista de transmissão. No entanto, quem não tem o seu número salvo na agenda, não recebe. Já na versão API, qualquer pessoa pode receber sua mensagem, além disso, o número não será banido.

O disparo de mensagem em massa é utilizado para:

  • E-commerce/atacado/varejo: lembrete quando um produto solicitado chega ao estoque, recomendações de produtos com base em compras recentes, cupons de desconto, lembretes de abandono de carrinho para produtos ainda não comprados, entre outros;
  • Setor de viagens: alertas de preço para voos que o cliente está acompanhando, ofertas personalizadas com base nas preferências ou viagens passadas, ofertas de reserva de carro ou atrações turísticas, lembretes de abandono de carrinho para compras ainda não adquiridos;
  • Empresas de telefonia e afins: divulgação proativa para recargas antes que os minutos acabem, lembretes sobre renovações de planos antes do vencimento, ofertas e negócios relevantes com o histórico do cliente;
  • Serviços Financeiros: recomendações de produtos com base em compras recentes (por exemplo, linha de crédito ou parcelamento), ofertas, descontos e parcerias;
  • Saúde: envio de lembrete para os pacientes agendarem consultas ou retornos;
  • Empresas de serviços: divulgação de novos produtos ou serviços, envio de lembretes de renovação de contratos e incentivos para que o cliente continue mantendo seu contrato com a empresa;
  • Empresas de software: divulgação de novos produtos, lembretes do final de período de testes e promoções;
  • Educação: descontos em cursos, lembretes de novas matrículas etc;
  • Delivery: confirmação do recebimento de pedido e status de entrega.

 

Catálogo

O catálogo do WhatsApp é uma forma nova de vender pelo app. Ele é uma espécie de vitrine virtual para mostrar os produtos para o cliente escolher e comprar.

Com essa funcionalidade a divulgação dos produto da empresa fica mais fácil. Ou seja, você evita mandar imagens e falar detalhadamente sobre cada produto para cada novo cliente que surge não é mesmo? Pois bem, essa função vai facilitar a sua vida e dos clientes que solicitarem fotos e informações do que você comercializa.

Além de facilitar o processo de compras para o cliente,  também pode ser útil para quem ainda não tem um e-commerce, por exemplo. Porque o empreendedor não necessitará de uma loja para divulgar os produtos ou incentivar o usuário a fechar uma compra.

Carrinho de compras

No WhatsApp Business você já consegue ajudar seus clientes a realizarem seus pedidos com o recurso carrinho de compras.

O carrinho é a mais atual forma de fazer pedidos. Ele é um complemento do catálogo de compras. Como funciona o carrinho de compras do WhatsApp Business?

Para quem tem a função ativa, o cliente visualiza um botão de comprar ao lado do nome comercial da empresa, seja numa conversa ou na abertura do perfil comercial. Após clicar em comprar, os clientes visualizam o catálogo e adiciona itens ao carrinho.

Além de ser possível editar a quantidade de itens que estão sendo adicionados ao carrinho, o cliente também pode removê-los.

Dessa forma, os clientes poderão:

  • Realizar pedidos mais rapidamente;
  • Fazer perguntas sobre vários itens ao mesmo tempo;
  • Pedir diversos itens de uma só vez.

Link de pagamento

O link de pagamento é um recurso que permite que o empreendedor envie um link para o cliente realizar o pagamento.

Por meio deste link, é possível que o cliente opte por um entre os diversos meios de pagamentos disponíveis: cartão de crédito (à vista ou parcelado), boleto ou pix, por exemplo. Isso pode variar de acordo com a empresa que oferece esta solução.

Sendo assim, o consumidor não precisa acessar o link da loja para finalizar a compra. Basta clicar no link de pagamento enviado pela empresa, inserir seus dados e fechar o pedido.

Como deve ser a experiência do cliente no app?

Embora o foco de qualquer lojista seja vendas por WhatsApp, é preciso pensar mais além. Engana-se quem pensa que basta vender e o cliente receber que o relacionamento termina. Esse processo por completo denomina-se experiência.

Para entender o que os consumidores esperam, a CX Trends 2021, pesquisa da Octadesk relevelou que 76% das empresas acreditam que oferecem uma boa experiência para os seus clientes. Apesar disso, apenas 49% dos consumidores têm uma percepção positiva das experiências que vivenciam com as marcas.

Então, como deve ser a experiência?

Crie uma jornada cheia de contexto

De vez em quando você recebe mensagem totalmente fora de contexto, certo? Por exemplo, mensagem que convida você a comprar outra vez, quando na verdade, nunca nem clicou em um produto da marca.

Por isso, é tão importante adicionar contexto à jornada. O que isso quer dizer? Se no contexto daquela pessoa não houve nenhuma compra, então a mensagem de WhatsApp deve refletir isso.

Se, por exemplo, o cliente acabou de fazer uma compra, a mensagem que faz sentido é uma informação sobre a entrega.

E é aí que o WhatsApp Oficial (API) entra. Com ele é totalmente viável conectar outras ferramentas para trabalhar em conjunto. Você pode conectar seu sistema de emissão de boleto, notas fiscais, automação de marketing, logística, CRM e muitas outras.

Para o consumidor, que quer serviços cada vez mais rápidos você proporciona boas experiências. Para os times que estão na linha de frente é ainda mais eficiência. Afinal, eles vão ficar focados apenas nos atendimentos em que é necessária a atuação humana.

E por que não levar todas essas interações com os clientes para o WhatsApp? 99% dos aparelhos com internet possuem o aplicativo instalado. Ou seja, seu cliente está lá.

Banner falar com consultor Octadesk

Use chatbots para automatizar

Quando o assunto é automatizar processos, há quem torça o nariz e há quem seja favorável. Entretanto, existe um senso comum de que um chatbot para automatizar atendimentos e afins é complicado demais. Mas a verdade é que não é.

Inclusive, o Octadesk reformulou toda a aparência de seus chatbots, de modo que você consegue criar um em menos de 5 minutos usando templates prontos.

Mas o que de fato eles resolvem?

Boa parte das solicitações dos clientes são tarefas simples que poderiam ser resolvidas com a ajuda de um chatbot.

Aqui estão algumas delas:

  • Dúvidas sobre pagamentos, produtos e serviços
  • Alteração de planos
  • Funcionamento de promoção, produtos e serviços
  • Agendamentos de compromissos
  • Preços
  • Suporte
  • Etc

A ideia por trás de tudo isso não é que você reduza sua equipe a zero. Mas que consiga deixá-la com mais tempo para focar em atendimento de qualidade. E então, o bot fica responsável por tarefas repetitivas ou que não precisam de um humano.

Use mensagens prontas

As mensagens prontas são conteúdos que você utiliza dentro do WhatsApp Oficial para se comunicar com os clientes em grande volume. Por exemplo, confirmação de compras, lembretes de reuniões, status de pedidos, alertas de transações financeiras e muito mais.

Essas mensagens podem ser iguais para todo mundo, porém contém uma personalização automática com dados que variam, por exemplo, o e-mail, outros dados pessoais, número de pedido, status de compra etc.

E o mais legal de tudo isso é que você já ganha 250 mensagens grátis no plano River do Octadesk para o seu WhatsApp.

Como construir um relacionamento com o cliente após a compra?

Quando o cliente recebe seu produto, o papel da empresa está finalizado, certo? Errado! Quando o produto chega, começa uma nova etapa.

Até mesmo nessa etapa, você pode usar o WhatsApp para apoiar o relacionamento com o cliente. Veja como:

Faça pesquisa de satisfação no WhatsApp

Uma pesquisa de satisfação não é algo que é feito sem um objetivo. Para começar, você deve entender que a pesquisa tem como objetivo trazer dados para seu negócio tomar boas decisões.

A medida que você entende o que seu cliente pensa sobre seus atendimentos e produtos, você cria relacionamentos duradouros e clientes recorrentes. Além disso, você sai ganhando porque vai ouvir dos próprios clientes o que eles querem e precisam.

Por último, a pesquisa de satisfação no WhatsApp oferece dados quantitativos e qualitativos sobre o seu atendimento e também sobre os produtos e serviços oferecidos.

Acompanhe o cliente até depois do final

Não dá para finalizar um tema tão importante quanto “como vender no WhatsApp todos os dias” sem falar da importância do acompanhamento do cliente.

Imagine fazer uma compra e poder acompanhar tudo pelo WhatsApp? Você recebe mensagens informando o status de compra e fica ciente de cada passo.

Depois disso, recebe uma mensagem perguntando como está sendo a experiência com o produto adquirido. O quão legal seria tudo isso?

Além de fazer o cliente se sentir importante, você acaba criando um relacionamento com ele. Sem contar que ter essas conversas vai gerar insights importantes para a empresa. E tudo isso pode ser feito com o WhatsApp Oficial no Octadesk!

Por que usar relatórios de WhatsApp?

Por fim, a última parte do nosso ciclo. Agora que você já sabe como vender no WhatsApp todos os dias, precisa entender a importância de relatórios.

Já dizia o ditado: “os dados vencem quaisquer opiniões”. E isso é tão verdade que, quando você entra em uma discussão, todos tendem a levar em consideração o que você disser se usar algum dado para basear sua opinião.

Mas qual é a importância de usar um relatório de WhatsApp?

Ele serve para identificar o comportamento dos usuários que iniciam conversas, acompanhar a performance do time e até mesmo antecipar problemas na sua operação de atendimento e vendas.

No Octadesk, por exemplo, você vai ver os seguintes dados:

  • Quantidade de conversas em andamento;
  • Tempo médio de duração;
  • Quantas pessoas estão aguardando um atendimento;
  • Quanto tempo elas esperam para o primeiro atendimento;
  • Quantas pessoas estão com o status online, ocupado e offline.

Tudo isso contribui não para “bisbilhotar o time”, mas para entender se é necessário ajuda extra, identificar padrões de comportamento de usuários e assim por diante.

Comece a vender no WhatsApp todos os dias

Quem se pergunta como vender no WhatsApp todos os dias, nem imagina o quanto a jornada precisa ser completa. Afinal, não basta saber como atrair pessoas, atender bem, manter clientes e oferecer a melhor experiência como itens separados. Eles precisam andar juntos.

Você leu dezenas de dicas sobre vendas por WhatsApp. Além dessas, muitas outras vão surgindo a cada dia. Então, você só precisa testar e entender o que funciona no seu modelo de negócios.

Por trás de um aplicativo existe um grande aliado para o seu negócio. Ele é fácil de usar tanto pelo seu público quanto pelo seu time.

E por falar em grande aliado ao negócio, a Velocità, e-commerce de calçados esportivos, aumentou em 15% suas vendas ao utilizar o Octadesk. A Oxyde, consegue dar conta de mais de 12 mil atendimentos mensais ao usar os recursos do nosso sistema.

Se você quer fazer parte das empresas que dominam a arte das vendas por WhatsApp, faça o teste gratuito do Octadesk e comprove.

Banner com link para artigo "como fazer disparo em massa no WhatsApp"

Você pode gostar também

Você também vai gostar de ler